• Helena - 50 Livros

RESENHA de "VHS - Verdadeiras histórias de sangue", de Cesar Bravo


SINOPSE DE ORELHA Dizem que segredos não sobrevivem por muito tempo em cidades pequenas. Mas, em Três Rios, eles estão por toda parte há tempo demais. Sombrios, aterrorizantes e indecifráveis — um espelho da cidadezinha onde tudo aquilo que é estranho e profano sempre encontra um jeito de se manifestar na superfície.O encontro inevitável de Cesar Bravo com a DarkSide® Books veio das profundezas. Algo visceral, que era para ser, como todas as coisas assinadas com sangue. Ultra Carnem selou o pacto entre a editora mais sinistra do Brasil e a mente maldita de Bravo, povoando os pesadelos dos leitores, que pediram mais. Mais histórias. Mais mistérios. Uma nova experiência sobrenatural, quem sabe?Em VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, Bravo guia os leitores amaldiçoados até os cantos mais sombrios de nossas mentes. E a cidadezinha de Três Rios, localizada no noroeste paulista, é o palco principal — um ponto de encontro de todas as coisas estranhas que acontecem nas redondezas. O inferno corre por essas águas e lança suas sementes nessa terra. Um lugar vivo e pronto para devorar o próximo filho que renegar sua origem.VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue se passa em um período especial e repleto de esquisitices, entre 1985 e 1995, e tem início em uma videolocadora peculiar capaz de alugar os sonhos e as vidas de seus clientes. Quem viveu nessa época vai ter para sempre suas lembranças com textura de VHS. Bravo constrói a narrativa de seu novo romance de horror fragmentado com base em registros orais, casos sinistros e uma porção de detalhes que rodeiam a vida dos moradores de Três Rios — mandingas macabras, crimes brutais, animais soturnos e inúmeros mapas, notícias de jornais e anúncios compõem o imaginário de um local esquecido pelo tempo.“Os relatos mais sangrentos de Três Rios têm lastro na vida real, e vão empurrar o leitor em um dilema moral”, comenta o autor, Cesar Bravo. Em VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, cada fragmento é uma memória, algo a ser dividido, e os relatos dos habitantes de Três Rios deixa de ser pessoal e passa a fazer parte de um todo. As várias faces do horror se manifestam e prometem assombrar qualquer um que ousar mergulhar nas páginas desta obra. “A grandiosidade da vida está na reunião de episódios insólitos, belos e dantescos”, complementa.A escrita de Cesar Bravo se mostra ainda mais audaciosa e transgressora em seu segundo livro publicado pela DarkSide® Books. Fãs de Stephen King, Clive Barker, Joe Hill e Robert Chambers têm outro mestre para seguir — com uma voz única e muito brasileira, o terror nacional volta a respirar na pele da nova geração de autores e leitores sedentos por histórias que deem voz a nossa identidade. SOBRE O AUTOR

Nascido em 1977, em Monte Alto, São Paulo, foi apenas recentemente que Cesar Bravo deu voz à sua relação visceral com a literatura. Durante sua vida, já teve diversos empregos — ocupando cargos na indústria da música, na construção civil e no varejo. É farmacêutico de formação. Bravo publicou suas primeiras obras de forma independente, e em pouco tempo ganhou reconhecimento dos leitores e da imprensa especializada. É autor e coautor de contos, romances, enredos, roteiros e blogs. Transitando por diferentes estilos, possui uma escrita afiada, que ilumina os becos mais escuros da psique humana. Suas linhas, recheadas de suspense, exploram o bem e o mal em suas formas mais intensas, se tornando verdadeiros atalhos para os piores pesadelos humanos. Cesar é um admirador e seguidor dos grande mestres, devoto de Edgar Allan Poe e H.P. Lovecraft. Com uma voz única e muito brasileira, o terror nacional volta a respirar na pele da nova geração de autores e leitores sedentos por histórias que dêem voz a nossa identidade, mas que nos levem muito além da carne. NOTAS ENREDO: 5 PERSONAGENS: 5 DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 5 INÍCIO: 5 MEIO: 3 FIM: 4 NOTA FINAL: 4,5 de 5 LIVRO BOM PARA: ficar com medinho MINHA RESENHA Nada como um bom livro de terror para alegrar o dia... hahahahahaha Esse livro aqui foi uma beleza de ler, contos super bem escritos e com aquele toque de terror que eu adoro. A escrita do autor é muito envolvente e tem um bom timming para o gênero. A arte da edição também está linda e muito bem pensada para o enredo geral. Eu só senti falta mesmo é de uma ligação entre os contos. Todos se passam no mesmo universo e isso fica bem claro, mas acho que ficaria mais legal se cada conto desse o gancho para o próximo, sabe? Tirando isso, foi uma leitura deliciosa, que deu bastante medinho em alguns contos e que eu recomendo tranquilamente para os amantes do gênero. COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO? A edição está com uma arte maravilhosa e a diagramação está um pouco mais confortável que o normal. Realmente vale o investimento. A única coisa chata da editora é ainda não ter ebook. Vamos aproveitar a quarentena, dona Darkside! ONDE COMPRAR Amazon.com

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu VHS com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob ou GoodReads? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

#livro #terror #contos #cesarbravo #darkside #literaturabrasileira

0 visualização

© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com