• Helena - 50 Livros

A EXPERIÊNCIA de "O sentido de um fim", de Julian Barnes - #TAGCURADORIA




SINOPSE DE ORELHA

Tony Webster vive em Londres. Um dia, recebe uma pequena herança e o fragmento de um misterioso diário de um de seus melhores amigos, Adrian Finn, que cometeu suicídio aos 22 anos. A partir dessa lembrança, Webster revisita sua juventude na Inglaterra dos anos 1960 e tenta decifrar os escritos herdados, confrontando sua própria memória, a inexata versão dos fatos e o seu papel na cadeia de eventos que resultou na morte do brilhante amigo Adrian. SOBRE O AUTOR

Julian Barnes nasceu em Leicester, estudou em Londres e em Oxford e, antes de se dedicar exclusivamente à escrita, foi lexicógrafo (no Dicionário Oxford), editor e crítico de cinema. Entre os seus romances contam-se Metroland, a estreia, em 1980, Uma História do Mundo em Dez Capítulos e Meio, Amor Etc e Artur & Jorge.


Considerado um dos mais relevantes escritores britânicos do nosso tempo, Julian Barnes é também autor de vários romances policiais, assinados por Dan Kavanagh. A sua obra está traduzida em trinta idiomas e recebeu, entre outros, os prémios Somerset Maugham, o Geoffrey Faber Memorial, o E.M. Forster, o Fémina, o Médicis e o Shakespeare, além de ter sido por três vezes finalista do Booker, que acabou por ganhar em 2011, com o romance The Sense of an Ending. MINHAS SENSAÇÕES

Vamos ser sinceros aqui: quem nunca escolheu um livro fininho simplesmente para cumprir metas? Confesso que esse aqui foi o caso para mim, mas, felizmente, me surpreendi bastante. Fiquei realmente como um livro tão pequeno pode ser tão bem construído e especialmente surpreendente. Não só seu tamanho é diminuto (tamanho não é documento, viram?!) como toda a narrativa é concisa, boa de ler e fácil de compreender. Há um certo mistério que envolve toda a trama, que é bem interessante, e seu final é arrebatador, de tirar o leitor da cadeira. Contudo, é um final doloroso. Não diria triste, mas especialmente doloroso. Me fez repensar não só a leitura como um todo, mas diversas decisões da minha vida. Foi uma leitura muito boa, cheia de surpresas e que eu recomendo muito.


Essa edição é a da Tag Curadoria e é um livro lindo, mas é bem simples. Pela própria arte e quantidade de páginas, não sei se vale o valor da caixinha. Apesar da revista ser ótima, a leitura foi muito tranquila, o que a torna, de certa forma, dispensável.

O QUE OUVIR

O QUE ASSISTIR

DISPONÍVEL NESSAS PLATAFORMAS

SE VOCÊ GOSTOU DELE, PODE SER QUE GOSTE DE...

COMPRE "SE EU FECHAR OS OLHOS AGORA" AQUI

CONFIRA A RESENHA AQUI

ONDE COMPRAR Amazon.com


ASSINE A TAG! Assine a TAG (Curadoria ou Inéditos) através desse link e ganhe um cupom de R$35,00 para gastar na lojinha da TAG! Lá tem livros indicados, itens de papelaria e até kits dos meses passados. ;-)

https://taglivros.com/associe-se/escolha-sua-caixinha?codigo_indicacao=HELULBCW

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu O sentido de um fim no Instagram com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

#livro #taglivros #tagcuradoria #julianbarnes #rocco #drama

0 visualização

© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com