• Helena - 50 Livros

ANOTA AÍ! - 12 livros para 2022



 

2022 já entrou com o pé na porta e muita chuva e, como de costume, é o momento de fazer metas para o ano que chega. Nada mais clichê (e útil) do que aquela famosa listinha de 12 livros para 2022. Aqui vai a minha. kkkkkkkk


Ah, e clique no título para comprá-lo na Amazon. ;-)


1) Você me ganhou no olá, de Alexis Adra



Após um término complicado (e muito público), a atriz Jasmine Lin Rodriguez volta a Nova York para assumir o papel principal numa série romântica no maior serviço de streaming do país, determinada a se concentrar apenas em seu trabalho... até que uma mudança no elenco traz o rei das novelas latinas, Ashton Suarez ― ¡El León Dorado!, ¡El Hombre Seductor! ―, como seu par romântico.


Depois que seu último personagem foi morto subitamente, Ashton anda preocupado com a possibilidade de que sua carreira também esteja nas últimas. Então, quando a chance de protagonizar um seriado norte-americano aparece, ele sabe que não pode desperdiçá-la, a fim de atrair o olhar de Hollywood. E tudo vai depender de sua química em frente às câmeras com Jasmine. Mais fácil falar do que fazer, aparentemente, porque Ashton não consegue parar de passar vergonha na frente de sua linda colega de trabalho.


Com suas carreiras em jogo, Jasmine e Ashton sabem que devem dar tudo de si, nem que para isso precisem ensaiar sozinhos e inventar maneiras de ficar confortáveis um com o outro. O problema é quando a química não acontece apenas na frente das câmeras, e o foco da mídia em Jasmine passa a ameaçar o segredo mais importante de Ashton.


2) O silêncio das águas, de Brittany C. Cherry



Quando a pequena Maggie May presencia uma cena terrível à margem de um rio, sua vida muda por completo. A menina alegre que vive saltitando de um lado para o outro e tem uma paixonite por Brooks Griffin, o melhor amigo de seu irmão, sofre um trauma tão grande que acaba perdendo a voz. Sem saber como lidar com o problema, sua família se vê em uma posição difícil e tenta procurar ajuda, mas nenhum tratamento vai adiante. Ao longo dos anos, Maggie aprende sozinha a conviver com os ataques de pânico e, sem conseguir sair de casa, encontra refúgio nos livros. A única pessoa capaz de compreendê-la é Brooks, que permanece sempre ao seu lado. A cumplicidade na infância se transforma em amizade na adolescência, até que um dia eles não conseguem mais negar o amor que sentem um pelo outro. Mas será que o forte sentimento que os une poderá resistir aos fantasmas do passado e a um acontecimento inesperado, que os forçará a navegar por caminhos diferentes?


3) O príncipe cruel, de Holly Black



Primeiro livro da mais nova série de Holly Black. Conheça a impressionante história de uma garota mortal que se vê presa em uma teia de intrigas reais.


Jude tinha 7 anos quando seus pais foram assassinados e foi forçada a viver no Reino das Fadas. Dez anos depois, tudo o que ela quer é ser como eles – lindos e imortais – e realmente pertencer ao Reino das Fadas, apesar de sua mortalidade. Mas muitos do povo das Fadas desprezam os humanos.


Especialmente o Príncipe Cardan, o filho mais jovem, mais bonito e mais cruel do Grande Rei. Para ganhar um lugar na Alta Corte, ela deve desafiá-lo... e enfrentar as consequências. Envolvida em intrigas e traições do palácio, Jude descobre sua própria capacidade para truques e derramamento de sangue.


Mas, com a ameaça de uma guerra civil e o Reino das Fadas por um fio, Jude precisará arriscar sua vida em uma perigosa aliança para salvar suas irmãs, e o próprio Reino. Com personagens únicos, reviravoltas inesperadas, e uma traição de tirar o fôlego, este livro vai deixar o leitor pedindo bis – querendo mergulhar de cabeça na continuação deste universo.


4) Na estrada com o ex, de Beth O'Leary



Dylan e Addie se apaixonaram há alguns verões, sob o sol da Provença, na França. Quase dois anos atrás, porém, o relacionamento acabou, e eles pararam de se falar.


Às vésperas do casamento de uma amiga em comum, os caminhos dos dois se cruzam novamente. Ou melhor, colidem. Quando, logo no início da viagem para a festa, o carro em que Dylan vai com um amigo bate no que Addie está com a irmã e um sujeito que pediu para ir junto, os planos mudam. Addie se vê obrigada a oferecer carona para a dupla, e, espremidos no carrinho, os cinco retomam a jornada.


Com muitos imprevistos no trajeto e seiscentos quilômetros pela frente, Dylan e Addie serão forçados a confrontar as escolhas que os separaram e refletir se ter colocado um ponto-final no relacionamento foi a melhor decisão.


Alternando a história do namoro com a louca viagem de carro, o terceiro romance de Beth O’Leary nos faz sentir o friozinho na barriga da paixão e as angústias dos rompimentos, enquanto tentamos entender o que causou o ressentimento e a tensão entre os protagonistas. Engraçado, emocionante e repleto de personagens memoráveis, Na estrada com o ex é a oportunidade perfeita para refletir se o fim da estrada pode ser um recomeço.


5) Cidade dos fantasmas, de Victoria Schwab



Em A cidade dos fantasmas, uma fantasia young adult de Victoria Schwab, conheça a história de Cassidy Blake. Seus pais são os conhecidos Espectores, uma famosa dupla de caça-fantasmas. No entanto, em segredo, quem realmente consegue ver – e se comunicar – com os espíritos é a própria Cass.


Cassidy Blake vive uma rotina simples e tranquila com seus pais no subúrbio. Sua vida é perfeitamente normal – exceto pelo fato de ela conseguir se mover, através do Véu, entre o mundo dos vivos e o do mortos e por ter como melhor amigo Jacob, um fantasma.


Quando seus pais são convidados por uma emissora de televisão para apresentar um programa sobre os lugares mais assustadores do mundo, seu cotidiano vira de cabeça para baixo. Em pouco tempo, estão todos – Cassidy, seus pais, seu melhor amigo fantasma e Ceifador, seu gato – em direção à superassombrada Edimburgo, na Escócia, a primeira parada do roteiro do programa... e situações fora do comum começam a acontecer.


Na Escócia, Cass se vê cercada, para onde quer que olhe, por fantasmas de todos os tipos, e, é claro, nem todos são gentis e amigáveis. Em meio às incertezas sobre como deve usar seu dom, Cassidy e Jacob se deparam com a Rapina Rubra, um espírito maligno e lendário que surge a cada inverno para assombrar a população local – principalmente as crianças.


Cruzando a cidade e passando pelos pontos turísticos mais célebres da região – do cemitério Greyfriars ao bar The White Hart Inn, do Beco de Mary King ao castelo de Edimburgo –, Cassidy e Jacob conhecem a fundo as fábulas, mitos e segredos da cidade, e precisam confrontar a história sangrenta e sobrenatural da capital escocesa.


Ainda que em meio a uma empreitada de muitas reviravoltas, os poderes de Cassidy – além de sua bravura e coragem – a levarão a uma batalha épica e, para salvar a si mesma e aos que ama, ela precisará de um impulso e determinação finais, que se estendam tanto pelo enérgico mundo dos vivos quanto pelo sombrio mundo dos mortos.


6) Sombra e ossos, de Leigh Bardugo




Em um país dividido pela Dobra das Sombras – uma faixa de terra povoada por monstros sombrios – e no qual a corte real está repleta de pessoas com poderes mágicos, Alina Starkov pode se considerar uma garota comum. Seus dias consistem em trabalhar como cartógrafa no Exército e em tentar esconder de seu melhor amigo, Maly, o que sente por ele. Quando Maly é gravemente ferido por um dos monstros que vivem na Dobra, Alina, desesperada, descobre que é muito mais forte do que pensava: ela é consegue invocar o poder da luz, a única coisa capaz de acabar com a Dobra das Sombras e reunificar Ravka de uma vez por todas. Por conta disso, Alina é enviada ao Palácio para ser treinada como parte de um grupo de guerreiros com habilidades extraordinárias, os Grishas. Sob os cuidados do Darkling, o Grisha mais poderoso de todos, Alina terá que aprender a lidar com seus novos poderes, navegar pelas perigosas intrigas da corte e sobreviver a ameaças vindas de todos os lados.


7) Morte no Nilo, de Agatha Christie



Bela, rica e inteligente, a jovem herdeira Linnet Ridgeway parece conseguir tudo o que quer. No entanto, quando rouba o noivo de sua melhor amiga e se casa com ele sem pensar duas vezes, talvez Linnet esteja indo longe demais...

Em sua viagem de lua de mel num cruzeiro pelo rio Nilo, no Egito, o casal apaixonado se depara com uma série de antagonistas interessados em sua fortuna e em provocar sua infelicidade. Então Linnet é encontrada morta, com um tiro na cabeça. O detetive Hercule Poirot, que por acaso também estava no navio, entra em ação para tentar montar mais esse quebra-cabeça.


8) Fundação, de Isaac Asimov



Há doze mil anos, o Império Galáctico reina, absoluto, sobre todos os mundos habitados. Mas esse reinado ignora um futuro terrível: uma crise levará a humanidade a uma era sombria de ignorância e barbárie que se estenderá por milênios. O único homem a prever a tragédia é Hari Seldon, que a partir de uma ciência recém-descoberta, a psico-história, cria um plano para preservar todo o conhecimento humano e evitar o declínio da civilização. Esse plano será a última esperança da humanidade e deverá ser colocado em prática, através dos séculos, pelos membros da Fundação. Publicado originalmente em 1951, Fundação permite o encontro da grandiosidade temática inspirada por Declínio e queda do Império Romano, de Edward Gibbon, e as situações únicas de exploração do cenário galáctico e futurístico, retratando como isso reflete nos caminhos da humanidade. Bem-vindo à Fundação.


9) Espada de vidro, de Victoria Aveyard




O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar. Quando finalmente consegue escapar do palácio, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.


10) Um perfeito cavalheiro, de Julia Quinn



Como segundo filho, Benedict Bridgerton não tem as obrigações de um primogênito. Se por um lado isso lhe dá liberdade para se dedicar aos seus interesses, por outro ele muitas vezes se sente “apenas mais um Bridgerton”, em meio a uma família tão numerosa.


Tudo muda durante um baile de máscaras, quando ele conhece uma dama misteriosa que o faz sentir-se o homem mais especial da face da Terra. Mas ela desaparece sem deixar vestígios, e Benedict fica especulando sobre seu paradeiro por mais de dois anos.


Repleto de dilemas éticos e atos de bravura de diversos membros da família, Um perfeito cavalheiro é uma história sobre resiliência, coragem e o poder do amor.


11) A vida invisível de Addie Larue, de V. E. Schwab



França: 1714. Addie LaRue não queria pertercer a ninguém ou a lugar nenhum. Em um momento de desespero, a jovem faz um pacto: a vida eterna, sob a condição de ser esquecida por quem a conhecer. Um piscar de olhos, e, como um sopro, Addie se vai.

Uma virada de costas, e sua existência se dissipa na memória de todos.


Após tanto tempo vivendo uma existência deslumbrante, aproveitando a vida de todas as formas, fazendo uso de tantos artifícios quanto fosse possível e viajando pelo tempo e espaço, através dos séculos e continentes, da história e da arte, Addie entende seus limites e descobre — apesar de fadada ao esquecimento — até onde é capaz de ir para deixar sua marca no mundo.


Trezentos anos depois, em uma livraria, um acontecimento inesperado: Addie LaRue esbarra com um rapaz.


Ele enuncia cinco palavras.


Cinco palavras capazes de colocar a vida que conhecia abaixo:

Eu me lembro de você.


Uma jornada inspirada no mito faustiano sobre busca e perda, eternidade e finitude e, acima de tudo, uma questão: até onde se vai para alcançar a liberdade? Best-seller do The New York Times e recomendado pelo Entertainment Weekly, A vida invisível de Addie LaRue é um livro inesquecível e que colocou V.E. Schwab entre as principais autoras de fantasia da atualidade.


12) Última parada, de Casey McQuiston



Aos vinte e três anos, August Landry tem uma visão bastante cética sobre a vida.


Quando se muda para Nova York e passa a dividir um apartamento com as pessoas mais excêntricas — e encantadoras — que já conheceu, tudo o que quer é construir um futuro sólido e sem surpresas, diferente da vida que teve com a mãe.


Até que Jane aparece. No vagão do metrô, em um dia que tinha tudo para dar errado, August dá de cara com uma garota de jaqueta de couro e jeans rasgado sorrindo para ela. As duas passam a se encontrar o tempo todo e logo se envolvem, mas há um pequeno detalhe: Jane pertence, na verdade, aos anos 70 e está perdida no tempo — mais especificamente naquela linha de metrô, onde nunca consegue sair.


August fará de tudo para ajudá-la, mas para isso terá que confrontar o próprio passado — e, de uma vez por todas, começar a acreditar que o impossível às vezes pode se tornar realidade.

 

Já leu algum livro dessa lista? Tem alguma outra indicação? Se sim, poste no Instagram marcando a gente @50livros e colocando nossa hashtag #blog50livros. Vamos adorar acompanhar! :-D


#lista

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
E se eu precisasse de você_.jpg