• Helena - 50 Livros

RESENHA de "Agora que ele se foi" de Elizabeth Acevedo


SINOPSE DE ORELHA Camino Rios é uma jovem ambiciosa que sonha em estudar medicina nos Estados Unidos, onde seu pai mora. Ela vive em Sosúa, na República Dominicana, com a tia, uma respeitada curandeira do bairro. Todo verão, Camino espera ansiosamente pela visita anual do pai durante seu aniversário. Em Nova York, Yahaira Rios, uma ex-campeã de xadrez, gosta de passar os dias vendo tutoriais de manicure na internet e de observar a namorada cuidar de plantas. Desde que Yahaira nasceu, o pai passa os meses de verão na República Dominicana, supostamente a negócios. Com a queda do voo 1112, os dois mundos que Yanos Rios manteve separados durante anos por fim se unem quando Yahaira e Camino descobrem que são irmãs. Enquanto lidam com a perda do pai, cada uma a sua própria maneira, precisam fazer as pazes com o fato de que ele era um ser humano complexo e imperfeito. Em Agora que ele se foi, uma emocionante narrativa em versos livres inspirada na história real do voo 587 e nas consequências que causou na vida dos que foram afetados por ele, Elizabeth Acevedo toca o leitor ao tratar de luto, dor, família, sonhos, identidade e conflitos de realidades econômicas.

SOBRE A AUTORA


ELIZABETH ACEVEDO é filha única de um casal de imigrantes dominicanos. Bacharel em artes cênicas pela George Washington University, obteve mestrado em escrita criativa pela Universidade de Maryland. Com mais de catorze anos de experiência em poesia performática, Acevedo é Campeã Nacional de Declamação de Poesia. Figurando na lista de mais vendidos do New York Times assim que foi lançado, A Poeta X é o livro de estreia de Acevedo. Ela mora com seu parceiro em Washington, DC.

NOTAS ENREDO: 5 PERSONAGENS: 5 DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 5 INÍCIO: 5 MEIO: 5 FIM: 5 NOTA FINAL: 5 de 5 + ❤️ LIVRO BOM PARA: pensar bastante MINHA RESENHA


Elizabeth Acevedo nunca decepciona. Confesso que estava um pouco apreensiva de ler essa história em formato de poesia, porque diferente de "A Poeta X" nenhuma das personagens tem conexão direta com a escrita em versos. Porém, a autora conseguiu passar todo o peso emocional da história nesse formato, o que achei muito positivo. A trama no geral é muito tocante, as personagens foram super bem construídas, trazendo ainda mais profundidade. A escolha da República Dominicana em contraponto com Nova York também foi acertada, conseguindo expor bem os contrastes sociais e econômicos de quem imigrou e de quem permaneceu. Só que o que mais me tocou foi a mensagem: o amor é algo natural? Ele realmente consegue permear as relações e curar antigas feridas? Ou a mentira consegue criar um muro intransponível? E foi por causa desse questionamento que esse livro se tornou um favorito. Eu chorei, me emocionei e levarei Camino e Yahaira na minha mente ainda por muito tempo.


COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

Pela forma de poesia, creio que o melhor seja lê-lo em físico, para absorver toda a experiência. A edição está bem caprichada e vale o investimento.


ONDE COMPRAR Amazon.com

Submarino

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu Agora que ele se foi com a hashtag #blog50livros e marcando a gente (@50livros em todas as redes sociais) que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob, GoodReads ou qualquer outra rede social? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

#livro #drama #youngadult #elizabethacevedo

0 visualização0 comentário
51Unwq2L89L.jpg