© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "MILF: Wrong kind of love", de Erin Noelle - #JORNADAMLV

 

 

 

 

 

SINOPSE DE ORELHA

 

Uma história de amor proibido com um lado de vingança... Quando meu marido de quase vinte anos de repente me deixou por outra mulher, eu pensei que a minha vida tinha acabado.
Mas eu estava errada...
Errada por pensar que eu era fraca, errada em supor que eu não poderia seguir em frente, errada por acreditar que eu não amaria de novo. Não importa o que os outros pensam, Errado nunca pareceu tão bom.

 

SOBRE A AUTORA

 

Erin Noelle é uma nativa do Texas, onde mora com o marido e duas filhas jovens. Ao ganhar seu diploma em História, ela redescobriu seu amor pela leitura que foi inculcado pela primeira vez por sua avó quando era uma criança pequena. Erin é uma ávida leitora de todas as novelas de romance. Ela recentemente publicou sua primeira novela, a Metamorfose, que atingiu as listas de best-sellers da USA Today e Amazon, e atualmente está trabalhando na sequência, Ambrosia. Muitas noites você consegue encontrá-la aconchegada em cama com o marido, o Kindle na mão e um evento esportivo de algum tipo na televisão.

 

 

NOTAS

ENREDO: 4
PERSONAGENS: 2
DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 3
INÍCIO: 4
MEIO: 3
FIM: 2

NOTA FINAL: 3 de 5

LIVRO BOM PARA: não ler

MINHA RESENHA


Primeiro embuste do ano. Sim, aconteceu no mês de janeiro.

Eu sabia que escolhendo esse título eu estaria sujeita a tudo. Afinal, ninguém sai incólume de uma excursão pelo submundo do livro erótico. Mas não esperava algo que quase me fez tacar o Kindle longe.

O enredo tinha tudo para dar certo: mulher que já passou dos trinta, sofrida após um divórcio escroto, apaixona-se pelo molecão do rolê. Infelizmente isso não se sustenta. Mesmo tendo muita coisa de gosto duvidoso na parada, tipo o garotão ser o amigo do filho que ela conhece desde criança, que estraga é o mau desenvolvimento dos personagens.

Aqui, pensa comigo. A mulher é a mais velha, com filho e vida consolidada, então ela teria que ser a madura e experiente da história, certo? Errado. Acaba que ela fica com aqueles pensamentos de garota de 20 anos, sendo a inexperiente sexual, tendo que o cara de 20 ser o alicerce da relação, além de ser ele o comedor do livro, cheio de artimanhas sexuais. Já ouviu isso em algum lugar, o carinha comedor se apaixonar pela inexperiente? Bom, eu sim, em quase todos os livros hot.

O que era a premissa do livro, de sair do comum sendo a mulher o indivíduo mais velho, acaba no romance previsível de sempre. Um saco isso, odeio quando acaba assim. Além disso, a escrita da autora não é a parada mais refinada do mundo, as cenas de sexo são muito parecidas entre si, além de acabarem no meio, omitindo muitas partes. Incluindo ao pacote, a história veio esfriando, ficando previsível e clichê, com cada vez mais cenas hot sendo cortadas no meio.

O problema real do livro é como ele não consegue entregar aquilo que promete. "MILF: Wrong Kind of Love" não consegue cativar e tudo aquilo que deveria ter explorado, como o tabu da mulher "papa-anjo", não foi nem tocado, já que a escolha foi infantilizar o personagem principal.


COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

Passa lotado. Há outros títulos de romances hot para você se deliciar, não só com as cenas de sexo, mas também com relacionamentos bem fundamentados e histórias de fundo mais cativantes.

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com seu MILF: Wrong Kind of Love com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle