© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "Sedução da Seda" (As Modistas - vol. 01), de Loretta Chase

 

 

SINOPSE DE ORELHA

 

Talentosa e ambiciosa, a modista Marcelline Noirot é a mais velha das três irmãs proprietárias de um refinado ateliê londrino. E só mesmo seu requinte impecável pode salvar a dama mais malvestida da cidade: lady Clara Fairfax, futura noiva do duque de Clevedon.

 

Tornar-se a modista de lady Clara significa prestígio instantâneo. Mas, para alcançar esse objetivo, Marcelline primeiro deve convencer o próprio Clevedon, um homem cuja fama de imoralidade é quase tão grande quanto sua fortuna.

 

O duque se considera um especialista na arte da sedução, mas madame Noirot também tem suas cartas na manga e não hesitará em usá-las. Contudo, o que se inicia como um flerte por interesse pode se tornar uma paixão ardente. E Londres talvez seja pequena demais para conter essas chamas.

 

Primeiro livro da série As Modistas, Sedução da seda é como um vestido minuciosamente desenhado por Loretta Chase: de cores suaves e românticas em alguns trechos, mas adornado com os detalhes perfeitos para seduzir.

 

SOBRE A AUTORA

 

Loretta Lynda Chekani nasceu em 1949 numa família albanesa. Assim que aprendeu a escrever, passou a pôr no papel as histórias que inventava. Formou-se em inglês pela Clark University, onde trabalhou meio período como professora, ao mesmo tempo que escrevia roteiros. Foi quando conheceu um produtor que a inspirou a publicar suas histórias. Os dois acabaram se casando. Com o sobrenome do marido, Loretta Chase vem publicando romances históricos desde 1987, pelos quais ganhou vários prêmios, inclusive o RITA, da Associação Americana de Escritores de Romances, por O príncipe dos canalhas.

 

 

 

NOTAS

 

ENREDO: 4

PERSONAGENS: 4

DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 5

INÍCIO: 5

MEIO: 4

FIM: 5

 

NOTA FINAL: 4,5 de 5

 

LIVRO BOM PARA: querer voltar no tempo

 

MINHA RESENHA

 

Tem alguma leitura que nos deixa tão sonhadores quanto romances de época? Sempre acabo essas leituras suspirando, querendo comprar a primeira passagem para a Europa e fingir que não somos pobres... Ah, que delícia é ler esse tipo de livro...

 

Nunca tinha lido nada de Loretta Chase, mesmo sabendo que ela faz parte daquele panteon das consagradas escritoras de época (Quinn, Tessa Drake, Lisa Kleypas e Mary Balogh). E não é por menos. A história é aquela: uma parte é rica, a outra nem tanto, meio burguesa, em uma época onde os estamentos sociais eram assumidamente relevantes. Só que essa trama tem um certo sazon: o mundo da moda vive entre nós e é pano de fundo de toda a história (eu escutei um amém?).

 

É ultra original? Não, mas tem seu valor. Nada de copiar Jane Austin, amores. Vamos falar de algo que ainda não virou lugar comum, aquela área da burguesia dotada de jogos de poder, antes tão desconhecidos pela alta sociedade. Aqui a gente consegue ver que a época vitoriana é um jogo onde quem dita as regras é a nobreza, mas são os insurgentes que sabem jogar. Loucura? Talvez, mas, como disse anteriormente, tem seu valor.

 

Tudo isso para nos trazer aquela história de amor verdadeiro, que não só ultrapassa montanhas como mostra o quanto a personalidade individual já estava se tornando algo relevante para sua época. Os personagens são muito bons, principalmente a filha de Marcelline, que fica mudando de nome de acordo com o humor. Marcelline me irritou um pouquinho, principalmente no final, com aquela comiseração toda. Mulher, você não era a independente e heart-breaker do rolê?!

 

Por mais que o meinho ali do livro fique meio sem acontecimentos, ainda mais vindo depois daquela viagem de moda para Paris (mon Dieu!), o final compensa todo o resto, mostrando a mudança dos personalidades e em como eles vêem seus diferentes.

 

Com certeza continuarei a série, foi uma delícia lê-la do início ao fim. É um livro cheio de amor, reviravoltas, maquinações e, acima de tudo, muita qualidade de escrita. Esse panteon que me aguarde, pois lerei tudo de todas. 

 

COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

 

Li ele em e-book pois estava um pouquinho difícil achá-lo para vender físico. Por conta do lançamento nas livrarias do quarto livro da série, ou estava muito caro ou longe demais da minha casa para vir pelos Correios. Além disso, sei que é muito difícil ter na estante todos os romances de época que são lançados, já que não há tanto dinheiro no mundo para isso. Acho que vale o teste do e-book ou pegar emprestado com a parceira de romances: leia o primeiro; se te cativou, corre para garantir a série em papel. Eu? Bem, eu lerei os quatro em e-book antes de decidir. ;-)

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

Saraiva.com.br

Livraria Cultura

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com seu Sedução da Seda com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle