© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "O Ódio que Você Semeia", de Angie Thomas - #FOLIALITERARIA2018

 

SINOPSE DE ORELHA

 

 Uma história juvenil repleta de choques de realidade. Um livro necessário em tempos tão cruéis e extremos.

Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial.
Não faça movimentos bruscos.
Deixe sempre as mãos à mostra.
Só fale quando te perguntarem algo.
Seja obediente.


Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto.


Em luto, indignada com a injustiça tão explícita que presenciou e vivendo em duas realidades tão distintas (durante o dia, estuda numa escola cara, com colegas brancos e muito ricos - no fim da aula, volta para seu bairro, periférico e negro, um gueto dominado pelas gangues e oprimido pela polícia), Starr precisa descobrir a sua voz. Precisa decidir o que fazer com o triste poder que recebeu ao ser a única testemunha de um crime que pode ter um desfecho tão injusto como seu início.


Acima de tudo Starr precisa fazer a coisa certa.


Angie Thomas, numa narrativa muito dinâmica, divertida, mas ainda assim, direta e firme, fala de racismo de uma forma nova para jovens leitores. Este é um livro que não se pode ignorar.

 

SOBRE A AUTORA

 

 Angie Thomas nasceu e foi criada em Jackson, no Mississippi, o que se percebe pelo seu sotaque. Quando adolescente, era rapper e sua maior conquista foi ter escrito um artigo sobre si mesma na Revista Right On! (com foto). É bacharel em escrita criativa pela Belhaven University e possui um diploma não oficial em Hip Hop. Ela ainda sabe fazer rap, se for preciso. Seu livro de estreia, O Ódio Que Você Semeia (The Hate U Give), foi o primeiro a vencer o Walter Dean Meyers Grant, em 2015, na categoria We Need Diverse Books. O romance será adaptado para o cinema, pela Fox, e chegou ao primeiro lugar da lista do New York Times na semana de seu lançamento.

 

 

 

NOTAS

 

ENREDO: 5

PERSONAGENS: 5

DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 5

INÍCIO: 5

MEIO: 5

FIM: 5

 

NOTA FINAL: 5 de 5

 

LIVRO BOM PARA: rever conceitos (e preconceitos)

 

MINHA RESENHA

 

Esse livro me pegou pelo hype mesmo, mas juro que não fui com muita sede ao pote e nem com muitas expectativas. Mas, gente, que livraço.

 

A história, apesar de triste, não perde o seu charme young-adult: uma trama com drama, mas lidada com uma leveza impressionante. Não tenho muitas palavras para esse livro, acho que ele fala por si só. Consegue ser o reflexo de uma sociedade doente, mas que consegue, de tempos em tempos, demonstrar uma ponta de coragem para se reerguer.

 

E é esse o ponto chave do livro: coragem. Mesmo com a escrita maravilhosa da autora e um desenrolar incrível sem ser impossível, demorei uma semana para terminá-lo, quis saboreá-lo até o final. O livro é cheio de passagens que você deve parar e pensar sobre, mergulhar no que se passa com os personagens e entender um pouco mais do seu mundo.

 

Bom, eu sou branca e muito do que foi exposto ali foi difícil para eu entender porque sei que nunca passarei por muito que aqueles personagens, retratos fictícios de pessoas muito reais, passaram e ainda passam, mas com certeza me deu uma nova perspectiva. Vivemos em um país onde muitos tem coragem de falar que não somos uma nação racista e é por essa razão que acho importantíssimo a leitura desse livro, principalmente nas escolas. Por mais que a vida americana seja muito diferente da nossa, muito pode ser aprendido com a trajetória de Starr e sua família.

 

"O Ódio que Você Semeia" foi um título que me encantou muito, com uma escrita fluida, despretensiosa e imersiva, sem ficar clichê ou massante. Com trechos de comédia, amor e drama, a história é uma lição de vida para aqueles que nunca sentirão na pele o racismo e um hino inspirador para quem sofre e precisa achar a sua voz dentro dessa confusão chamada sociedade.

 

COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

 

Tenho ele em e-book, mas é um daqueles títulos que faço questão de ter em papel. Ter um hino desses na estante será uma honra.

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

Saraiva.com.br

Livraria da Folha

 

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com seu O Ódio que Você Semeia com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle