© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "Minha metade silenciosa", de Andrew Smith

 

 

SINOPSE DE ORELHA

 

Stark McClellan tem 14 anos. Por ser muito alto e magro, tem o apelido de Palito, mas sofre bullying mesmo porque é “deformado”, já que nasceu apenas com uma orelha. Seu irmão mais velho, Bosten, o defende em qualquer situação, porém ambos não conseguem se proteger de seus pais abusivos, que os castigam violentamente quase todos os dias. Ao enfrentar as dificuldades da adolescência estando em um lar hostil e sem afeto – com o agravante de se achar uma aberração –, o garoto tem na amizade e no apoio do irmão sua referência de amor, e é com ela que ambos sobrevivem.

Um dia, porém, um episódio faz azedar terrivelmente a relação entre Bosten e o pai. Para fugir de sua ira, o rapaz se vê obrigado a ir embora de casa, e desaparece no mundo. Palito precisa encontrá-lo, ou nunca se sentirá completo novamente. A busca se transforma em um ritual de passagem rumo ao amadurecimento, no qual ele conhece gente má, mas também pessoas boas. Com um texto emocionante, personagens tocantes e situações realistas, não há como não se identificar e se envolver com este poético livro.

 

SOBRE O AUTOR

 

Andrew Smith é o autor de Ghost Medicine, um 2009 ALA/YALSA "Melhores Livros para Jovens Adultos", e In the Path of Falling Objects , um 2010 ALA/YALSA "Melhores Livros para Jovens Adultos". Hoje vive em um local muito remoto na Califórnia com sua família e cavalo.

 

 

 

NOTAS

 

ENREDO: 5

PERSONAGENS: 5

DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 4

INÍCIO: 4

MEIO: 5

FIM: 4

 

NOTA FINAL: 4,5 de 5 + ❤️

 

LIVRO BOM PARA: chorar litros

 

MINHA RESENHA

 

Nossa, que livro, meus senhores!

 

Esse livro foi uma indicação dada pelo Paulo Ratz do canal do Youtube Livraria em Casa como um dos livros favoritos dele. Entendi perfeitamente o porquê. Ele conta com uma trama densa, bem dramática, vista pelos olhos de dois irmãos que só tiveram um ao outro para amar. Em um lar transfigurado, ambos procuram um motivo para existir e encontram, de uma forma que nunca esperaram.

 

Não chega a ser um livro perfeito, mas com certeza tornou-se um dos meus favoritos. O personagem principal me cativou intensamente, conseguiu transpassar toda a sua dor e me fez sofrer junto com ele. Infelizmente, a resenha contém um spoiler. Não é exatamente prejudicial, mas se eu não soubesse do fato teria sofrido muito mais e teria imergido na história de maneira ainda mais intensa.

 

A escrita do livro é ótima, mas tem algumas coisinhas que me fizeram perder o ritmo. Como o Palito (personagem principal que dá nome ao livro em inglês - Stick) não possui uma das orelhas e não escuta nada do lado direito da cabeça, o autor decidiu usar um recurso estrutural para evidenciar isso psicologicamente. Não funcionou 100% para mim, apesar de ser ousado e merecer o crédito por isso.

 

Uma coisa que achei incrível do livro é não sabermos em que recorte temporal a história se passa. Todos fumam bastante e aparentemente tecnologia não era algo comum, mas o não emprego de gírias e uma descrição mais detalhada de vestuário torna difícil determinar a década na qual se passa. Mas achei isso maravilhoso pois faz com que seja uma narrativa quase atemporal.

 

A história em si demora um pouco para engrenar também, mas trás um miolo excelente. O final não me convenceu muito, pareceu meio desprovido de sentimentos se comparado ao livro como um todo. As atitudes finais do irmão mais velho não condiziam com o que era mostrado dele no início, transformando-o em um garoto com uma incrível personalidade e luta interna para uma farsa. Realmente não gostei disso.

 

Contudo, "Minha Metade Silenciosa" se tornou um dos meus livros favoritos porque me trouxe pensamentos que nunca me tinham ocorrido e que agora fazem parte dos meus pensamentos. Um livro indispensável para entender que dramas na adolescência são reais e derivam de ambientes familiares desestruturados igualmente reais.

 

COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

 

Eu recebi ele em uma troca pelo Skoob e não me arrependo. Mas se tivesse comprado em e-book talvez não teria tido uma experiência tão boa por conta da edição ousada que comentei lá em cima. Nesse caso, acho que comprar o livro físico é a melhor opção.

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

Saraiva.com.br

Contêiner Cultura

 

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com seu Minha Metade Silenciosa com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle