© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "De Volta para Casa" (Série Crianças Desajustadas - vol. 01), de Seanan McGuire - #TBRMaio2018

 

SINOPSE DE ORELHA

 

"...e a única pessoa que pode lhe dizer como sua história termina é você".

Crianças sempre desapareceram nas condições certas: escorregando pelas sombras debaixo da cama, atrás de um guarda-roupa ou caindo em buracos de coelhos e em poços velhos, para emergir em algum lugar... diferente.

Nancy viajou para um desses lugares, e agora está de volta. As coisas que ela viu... mudam uma pessoa para sempre. E as crianças sob os cuidados de Eleanor West compreendem isso muito bem: cada uma delas procura a porta de volta ao seu próprio universo fantástico, mas poucas conseguem encontrá-la. Afinal, mundos mágicos têm pouca utilidade para crianças cujos milagres já foram usados.

A chegada de Nancy marca também uma terrível mudança no internato. Há uma escuridão pairando à cada esquina, e quando a tragédia ataca, Nancy e seus colegas precisam desvendar o mistério.

Não importa o custo.

 

SOBRE A AUTORA

 

 

Seanan McGuire nasceu em Martinez, na Califórnia, e foi criada em uma ampla variedade de locais, a maioria deles dotada de algum tipo de vida selvagem perigosa. Apesar de sua atração quase magnética por qualquer coisa venenosa, ela, de alguma forma, conseguiu sobreviver por tempo suficiente para adquirir uma máquina de escrever, um domínio razoável da língua inglesa e o desejo de combinar os dois. O fato de não ter sido morta por usar sua máquina de escrever às três da manhã provavelmente é mais impressionante do que não ter morrido por uma picada de aranha.

Descritos muitas vezes como um vórtice de surrealismo, muitos dos casos de Seanan terminam com coisas como “e aí nós conseguimos o antídoto”, ou “mas tudo bem, porque acabou que a água não era tão profunda assim”. Ela ainda está para ser derrotada em um jogo de “Quem aqui foi picado/mordido pela coisa mais estranha?” e é capaz de se divertir durante horas com quase qualquer coisa. “Quase qualquer coisa” inclui pântanos, longas caminhadas, longas caminhadas em pântanos, coisas que vivem nos pântanos, filmes de terror, ruídos estranhos, peças musicais, reality shows, histórias em quadrinhos, encontrar moedas de centavos nas ruas e répteis venenosos. Talvez ela seja a única pessoa no planeta Terra a admitir que usou o livro Filmes de Terror dos anos de 1980, de John Kenneth Muir, como guia para marcar os filmes que via.

Seanan é autora das fantasias urbanas de October Daye e InCryptid, e de vários outros trabalhos, tanto em livros únicos quanto trilogias ou duologias. Caso isso não seja o bastante, ela também escreve sob o pseudônimo Mira Grant.

Em seu tempo livre, Seanan grava CDs de suas músicas de fã originais, ligadas à ficção científica e à fantasia. Também é cartunista, e desenha uma webcomic autobiográfica com postagens irregulares chamada “With Friends Like These...” [Com amigos assim...], além de gerar um número verdadeiramente ridículo de cartões artísticos. Por incrível que pareça, ela encontra tempo para fazer caminhadas que duram várias horas e postagens regulares em seu blog, assistir a uma quantidade doentia de programas de TV, manter seu website e ver praticamente qualquer filme que tenha as palavras “sangue”, “noite”, “terror” ou “ataque” no título. A maior parte das pessoas acredita que ela não durma.

Seanan vive em uma antiga casa de fazenda cheia de rangidos no norte da Califórnia, que ela divide com seus gatos, Alice e Thomas, uma vasta coleção de bonecas sinistras e filmes de terror, além de livros em quantidade suficiente para qualificá-la como um risco de incêndios. Ela tem crenças firmes e frequentemente expressas sobre as origens da Peste Negra, dos X-Men e da necessidade de motosserras no dia a dia.

Depois de anos escrevendo blurbs para livros de programas de convenções, Seanan adquiriu o hábito de escrever todas as suas biografias em terceira pessoa, para que soem levemente menos bobas. Ênfase no “levemente”. É bem provável que não ajude o fato de ela ter tantos hobbies assim.

Seanan foi a ganhadora do Prêmio John W. Campbell de Melhor Nova Escritora em 2010, e seu romance Feed (como Mira Grant) foi nomeado um dos Melhores Livros de 2010 pela Publishers Weekly. Em 2013, ela se tornou a primeira pessoa a aparecer cinco vezes na mesma edição do prêmio Hugo.

 

 

NOTAS

 

ENREDO: 5

PERSONAGENS: 5

DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 5

INÍCIO: 5

MEIO: 5

FIM: 4

 

NOTA FINAL: 4,8 de 5 + ❤️

 

LIVRO BOM PARA: conhecer novos mundos

 

MINHA RESENHA

 

Ando percebendo, cada dia mais, que não sou muito fã de alta fantasia. O problema é que andei insistindo muito nesse gênero para ver se não era só a falta de títulos decentes. Só que, além de chegar a conclusão de que não era esse o caso, acabei ficando meio de saco cheio de fantasias no geral. Porém, esse livro conseguiu me salvar dessa mini ressaca.

 

A história, de uma forma geral, é bem original. Além de trazer diversos ensinamentos, é uma escrita fluida e que consegue cativar do início ao fim. Os personagens também são incríveis, super bem construídos e todos conseguem te despertar empatia, independente de suas personalidades.

 

O que eu achei o ponto alto do livro foi a infinidade de mundos criados pela autora que não aparecem de fato no livro, são apenas representados pelas próprias personagens e sua descrição particular de seu mundo. A sutileza com o qual isso é feito cativa demais o leitor, além de deixá-lo extremamente curioso a respeito deles, querendo ainda mais continuações que abordem esses mundos.

 

Só o final que não rolou exatamente para mim. Todo o livro se estrutura acerca de um mistério e a sua resolução funcionou muito bem comigo, foi o finalzinho mesmo que me deixou um tanto desconfortável. Acho que tudo acabou terminando sem muita preparação, de maneira um tanto abrupta, coisa que a meu ver não combinou em nada com toda a narrativa construída.

 

Contudo, "De Volta para Casa" tornou-se um dos meus livros favoritos, que me fizeram viajar por suas páginas e desejar mais e mais livros dessa saga. Editora Morro Branco, partiu publicar os outros!

 

COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

 

Infelizmente, a editora Morro Branco não disponibiliza suas edições no formato digital, então você fica meio refém do livro físico. Como ainda é um livro novo no mercado, será difícil encontrar para empréstimos. Acho que vai ter que rolar uma comprinha...

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

Saraiva.com.br

Submarino.com.br

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu De Volta para Casa com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle