© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "A Escola do Bem e do Mal" (Série A Escola do Bem e do Mal - vol. 01), de Soman Chainani - PROJETO PREPARADA PARA A BIENAL e #FANTASTONA2018

 

Ficha da Bienal de São Paulo 2018

 

A Escola do Bem e do Mal (A Escola do Bem e do Mal - vol. 01)
Soman Chainani
Editora Gutenberg
Vai à Bienal 10 de agosto

 CUIDADO: essa resenha contém spoilers
Mas não se preocupe, os spoilers estarão em
vermelho, só não ler o que estiver de cor diferente que você estará a salvo. A não ser que você seja como eu e ame spoilers. Hahahahahahahahah

 

SINOPSE DE ORELHA

 

No povoado de Gavaldon, a cada quatro anos, dois adolescentes somem misteriosamente há mais de dois séculos. Os pais trancam e protegem seus filhos, apavorados com o possível sequestro, que acontece segundo uma antiga lenda: os jovens desaparecidos são levados para a Escola do Bem e do Mal, onde estudam para se tornar os heróis e os vilões das histórias.

 

Sophie torce para ser uma das escolhidas e admitida na Escola do Bem. Com seu vestido cor-de-rosa e sapatos de cristal, ela sonha em se tornar uma princesa. Sua melhor amiga, Agatha, porém, não se conforma como uma cidade inteira pode acreditar em tanta baboseira. Ela é o oposto da amiga, que, mesmo assim, é a única que a entende. O destino, no entanto, prega uma peça nas duas, que iniciam uma aventura que dará pistas sobre quem elas realmente são.

 

Este best-seller é o primeiro livro de uma trilogia que mostra uma jornada épica em um mundo novo e deslumbrante, no qual a única saída para fugir das lendas sobre contos de fadas e histórias encantadas é viver intensamente uma delas.

SOBRE O AUTOR

 

 

Graduado em Harvard e escreveu uma tese sobre o motivo pelo qual os vilões são tão irresistíveis. Roteirista premiado, é mestre pela Columbia University na área de cinema e já trabalhou em mais de 150 festivais de cinema pelo mundo, ganhando diversos prêmios tanto pela direção quanto por roteiros, prêmios entre os mais cobiçados da área. Quando não está viajando, contando histórias ou em Nova York trabalhando como professor ele pode ser encontrado jogando tênis. Fazia mais de dez anos que não perdia um primeiro round, até começar a escrever...

NOTAS

ENREDO: 4
PERSONAGENS: 2
DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 3
INÍCIO: 3
MEIO: 2
FIM: 3

NOTA FINAL: 2,8 de 5

LIVRO BOM PARA: não ler

MINHA RESENHA


Acho que esse foi o pior livro que eu li nesse ano de 2018 até agora. Sim, superou o da mulher que acaba tendo um caso amoroso com o amigo de infância do filho.

Vamos por partes para você, amado leitor, entenda o quanto esse livro me decepcionou. O enredo tinha tudo para dar certo: uma escola que treina crianças a serem heróis e vilões de seus futuros contos de fada. Achei que tudo se encaminharia para uma real escola, onde todos convivem bem e somente desempenham um papel. O mote era ótimo, só não era perfeito por ser mais um reconto. O problema foi: o enredo não se desenvolveu nada bem.

Pessoas realmente eram divididas entre boas e más, muitas vezes estereotipadas. Quando as duas protagonistas são designadas de maneira improvável, achei que isso seria mais explorado, onde nas escolas se falaria muito do quanto as aparências enganam. Só que foi o contrário: as escolas reforçavam os estereótipos. E esse foi o imenso problema que o livro, ao invés de refutar, reafirmou.

E que estereótipos são esses? Os belos são bons, o padrão é do bem, enquanto o diferente, o feio é do mau. Bem regado à questão estética mesmo, não é uma metáfora. Outro problema nojento: mulheres não podem ser amigas porque competem sempre pelo macho mais viril e, caso sejam amigas, é porque não são capazes de conquistar seu próprio homem.


Quer um exemplo bem machista disso tudo? Existe um baile que é falado desde o início da saga das personagens em que os meninos convidam as meninas, sendo somente para a galera do bem. Já está errado que só pessoas do lado bom podem se divertir, mas o pior é o seguinte: as meninas, caso não tenham par, serão reprovadas. Os meninos, se não convidarem ninguém, recebem metade da nota, mas não são reprovados, pois explicitamente é responsabilidade da mulher seduzir seu homem. Nojento, né? Eu sei que isso é real nos contos de fada, que é isso o que eles realmente passam, mas ninguém se impõe, ninguém acha absurdo, ninguém nem pensa em lutar contra isso. Essa situação é colocada como uma verdade, não como absurdo.

Durante toda a trama, uma das protagonistas, a Agatha, mostra-se como o fio de esperança para que tudo mude, para que os paradigmas sejam quebrados, só que acontece uma parada revoltante: ela, no meio, decide que merece um final feliz TENDO UM PRÍNCIPE AO SEU LADO! Decepção total, fala sério. Todo os personagens são rasos e os que parecem que tem personalidade decepcionam na primeira oportunidade.

Muita gente pode falar que o final salva um pouco a história, mostrando um tiquinho de sororidade. Não é verdade. Além de ter um final muito tosco, a dita sororidade só aparece quando ambas percebem que não podem ganhar uma da outra. A amizade feminina aqui mostra-se como uma fraqueza e não como uma força, além de enfiar goela a baixo vários clichês antiquados e maléficos para meninas que estão tornando-se mulheres.

"A Escola do Bem e do Mal" não passa uma mensagem positiva, nem mesmo tenta. Tudo gira em torno de competição feminina e nem ao menos tenta resolver esse problema social. Pior que isso, o legitima, mostrando mulheres perversas, fúteis e veem na figura masculina sua única saída.


COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

Passa lotado. Além de ter vários problemas, a leitura não é fluida, é confusa e a tradução não ajuda em nada. Você vai perder muito tempo para não gostar de um livro.

A QUEM AGRADA O EVENTO?

A meu ver, não deveria agradar ninguém, mais especialmente mulheres. Se querem insistir com essa leitura, vejam com olhos bem críticos.

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

Saraiva.com.br

Americanas.com.br

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu A Escola do Bem e do Mal com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle