© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

A EXPERIÊNCIA de "Nada", de Carmen Laforet - #TAGLIVROS

 

SINOPSE DE ORELHA

 

Andrea é uma jovem solitária que, depois da Guerra Civil Espanhola, muda-se para Barcelona para morar na casa da avó e cursar a faculdade de Letras. Ela chega à cidade cheia de expectativas, mas a realidade a assusta logo no primeiro dia, ao ter contato com a família. Na faculdade, ela tem poucos conhecidos e vive num clima de falsas aparências, em que as pessoas escondem suas verdadeiras intenções. Em meio a escândalos e intrigas, Andrea terá de aprender a viver e, quem sabe, encontrar a felicidade.

 

SOBRE A AUTORA

 

Nasceu em Barcelona, na Catalunha, Espanha, em 6 de setembro de 1921. Aos dois anos de idade mudou-se com a família para Las Palmas, nas Ilhas Canárias, onde permaneceu até os 18 anos. Terminada a Guerra Civil Espanhola, deixou o arquipélago e regressou a Barcelona, para estudar Filosofia e Letras, vivendo com sua avó. Em 1942, com o curso incompleto, muda-se para Madri, onde cursara Direito. Em janeiro de 1944 inicia a redação de Nada, que concluira no mês de setembro. O enorme êxito da obra, ao contrário do que seria de esperar, lança a escritora em um primeiro obstinado silêncio, que durara seis anos - e que inaugura sua difícil e conturbada relação com a fama e a vida social, da qual se afastara definitivamente em 1963, iniciando um prolongado período de viagens e de residência no estrangeiro. Morre em 24 de fevereiro de 2004, aos 82 anos, em Madri.

 

MINHAS SENSAÇÕES

 

Foi uma leitura bem gostosa e interessante de se fazer. Aqui no Brasil se estuda muito pouco a Ditadura Espanhola, o famoso Franquismo, então não temos referências reais do que acontecia na Espanha, principalmente nas áreas em que não apoiaram Franco durante a Guerra Civil Espanhola. Barcelona foi um desses lugares, então vê-lo após a rixa foi, no mínimo, surpreendente. A escrita da autora é impressionantemente jovial, parece que foi escrito a pouquíssimo tempo. Os personagens são perfeitos, tem a profundidade certa. Eles são tão bem construídos que você os considera vivos, quase como uma biografia. A edição veio linda, como sempre, e com a diagramação da Alfaguara que é extremamente confortável. Foi um prazer lê-lo.

 

 

A revista foi imprescindível. Entender o movimento literário ao qual "Nada" faz parte é essencial. Além disso, a pequena biografia da autora é de partir o coração, mas acrescenta demais à leitura. A curadora, por sua vez, não a conhecia, mas confesso que me senti tentada a procurar uma de suas obras para me familiarizar.

 

O livro é duro, triste e um tanto angustiante, mas garanto que é uma experiência extremamente agregante.

 

O QUE OUVIR

 

 

A música de violino tem uma importância na trama. Então, nada mais justo que ler escutando uma playlist de músicas de violino.

 

O QUE ASSISTIR

 

A série espanhola "O Ministério do Tempo", disponível na Netflix, conta de maneira inusitada a história da Espanha. Além de ser muito instrutiva, a série em si é super divertida e gostosa de assistir. Vale o seu tempo.

 

SE VOCÊ GOSTOU DELE, PODE SER QUE GOSTE DE... 

 

Clique aqui e vá direto para a resenha desse livro aqui no blog! 

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

 

ASSINE A TAG!

 

Assine a TAG (Curadoria ou Inéditos) através desse link e ganhe um cupom de R$35,00 para gastar na lojinha da TAG! Lá tem livros indicados, itens de papelaria e até kits dos meses passados. ;-)

 

https://taglivros.com/associe-se/escolha-sua-caixinha?codigo_indicacao=HELULBCW

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu Nada no Instagram com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle