© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "A Mensageira da Sorte", de Fernanda Nia - #BUDDYREADDLX

 

SINOPSE DE ORELHA

 

A SORTE É IMPREVISÍVEL.

Em pleno Carnaval carioca, durante uma confusão em um protesto contra a AlCorp – uma corporação que controla o preço dos alimentos e medicamentos no país – Cassandra Lira, ou Sam, passa a ser uma mensageira temporária no Departamento de Correção de Sorte (DCS), uma organização extranatural secreta incumbida de nivelar o azar na vida das pessoas. 

Para manter esse equilíbrio, os mensageiros devem distribuir presságios de sorte ou azar para alguns escolhidos. O primeiro "cliente" de Sam é justamente o seu vizinho e colega de classe, Leandro. O garoto é um youtuber em ascensão e a ajuda dela, na forma de uma mensagem sobre nada menos que paçocas, impulsiona Leandro a fazer um vídeo que o levará para o auge da fama. O que Sam não sabe é que o rapaz também é um ávido participante dos protestos contra os abusos da AlCorp, comprometido a expô-los em seu canal, independentemente dos riscos que possa correr, e a garota se vê obrigada a usar a sorte do DCS para protegê-lo. 

Mesmo que não entenda por que foi escolhida para trabalhar para o Destino, logo ela se vê no meio de uma rede de intriga, corrupção e poder. 

Ainda lidando com a culpa pela morte do próprio pai e com seus sentimentos por Leandro, Sam embarcará na jornada de desmascarar a quadrilha que está deteriorando o sistema da Justiça, tanto a natural quanto a extranatural, e fazer com que a balança do Destino se equilibre outra vez.

 

SOBRE A AUTORA

 

 

Fernanda Nia é uma publicitária e ilustradora carioca aficionada desde cedo por livros e histórias em quadrinhos. Começou seu trabalho autoral em 2011, ao criar o site Como eu realmente, que em 2014 conquistou uma série de livros publicados pela Editora Nemo. Em 2018, a autora estreiou na prosa com seu primeiro romance, Mensageira da Sorte, pela editora Plataforma21. Além das aventuras de seus próprios personagens, Fernanda Nia ilustra e cria conteúdo para outros livros e materiais do mercado editorial e publicitário.

 

NOTAS

 

ENREDO: 4

PERSONAGENS: 4

DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 4

INÍCIO: 3

MEIO: 4

FIM: 4

 

NOTA FINAL: 3,9 de 4

 

LIVRO BOM PARA: se divertir

 

MINHA RESENHA

 

Quem aí não gosta daquele livro levinho, bem fácil de ler que é perfeito para colocar no meio de leituras pesadas? Então, esse livro aqui é perfeito para isso.

 

Não espere uma super história, ou reviravoltas mirabolantes, esse aqui é um típico livro infanto-juvenil e está tudo bem. Temos romance adolescente saudável, temos as dificuldades da vida cotidiana, temos uma ferida no passado dos protagonistas, temos aquele toque de suspense e sobrenatural. Pronto, não tem como dar errado, né?

 

Apesar do livro ser exatamente como se propõe, ele consegue surpreender em alguns pontos. Gostei bastante da forma que a autora coloca a corrupção, sem precisar defender bandeiras, só mostrando como ela funciona e o quanto é importante nós, como sociedade, lutarmos contra ela. Tiveram algumas coisinhas que me incomodaram um pouco, como as piadinhas sem graça e o fato de usar um bairro fictício em uma cidade real, Rio de Janeiro, na história. Acho que poderia ter sido escolhido um bairro pequeno da própria cidade para dar aquele clima intimista, não era necessário inventar um.

 

Mesmo com essas coisinhas, foi uma leitura agradável. Ele segue a vibe que está fazendo bastante sucesso no momento, lidando com questões de sorte, azar e destino, como "Os Criadores de Coincidências" e "O Ceifador", mas esse é bem mais voltado para o público jovem. Gostei bastante de lê-lo, mas imagino que se ele já existisse lá pelos meus 13, 14 anos eu teria gostado ainda mais.

 

Os personagens ainda caem em alguns clichês bem chatinhos, como a mocinha que não quer se envolver emocionalmente pois lida com uma culpa muito grande, o popular padrãozinho que esconde uma grande tristeza, a amiga meio louquinha, mas que acaba sendo a mais sensata... Ou seja, muitos clichês. Mas, ainda bem, o romance que é colocado não se torna o centro da história e, ainda por cima, ele é bem saudável, um ótimo exemplo para a galera mais nova que com certeza vai ler e gostar do livro.

 

"A Mensageira da Sorte" foi um livro bem divertido de ler e que com certeza tem um caminho de sucesso entre os adolescentes do momento.

 

COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

 

Eu li ele em papel, a edição da Plataforma21 está linda, com a diagramação bem confortável. Mas a editora costuma fazer promoções imperdíveis de seus e-books, então talvez valha mais a pena investir no formato digital.

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

Saraiva.com.br

Submarino.com.br (via Ad.fly)

 

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com seu Mensageira da Sorte com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle