© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "No Mundo da Luna", de Carina Rissi

 

 

SINOPSE DE ORELHA

 

A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome.


Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção?


Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.


Com seu estilo ágil e fluido, Carina Rissi criou em No mundo da Luna uma leitura viciante, permeada de humor, magia e paixão, que vai conquistar você do início ao fim.

 

SOBRE A AUTORA

 

 

Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração.


Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião. 


Nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha. É autora da série Perdida e de outros best-sellers como Procura-se um marido, No mundo da Luna e Mentira Perfeita, lançados pela Verus Editora. Carina já vendeu mais de 300 mil exemplares e tem seus livros publicados em Portugal, na Rússia, na Ucrânia e em breve na Itália.

 

NOTAS

 

ENREDO: 3

PERSONAGENS: 3

DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 3

INÍCIO: 5

MEIO: 2

FIM: 4

 

NOTA FINAL: 3,3 de 5

 

LIVRO BOM PARA: pré-adolescentes

 

MINHA RESENHA

 

Vamos falar de um livro cheio de problemas?

 

Primeiro, o enredo. Ele tinha tudo para funcionar, ser diferente, ainda mais com o elemento místico na jogada, mas ele caiu nos velhos clichês: joguinho ao estilo gato-e-rato, ninguém querendo aceitar sentimentos, triângulo amoroso... Saco de clichês.

 

Mas não tem problema nenhum nisso, né? Isso é só questão de gosto. Se esse fosse o único problema do livro, eu teria gostado da leitura. Mas ele teve muitos outros. Um deles foi os personagens. Mal construídos, rasos, sem ambições e teimosos de maneira quase desumana. A Luna, a protagonista, é insuportável, mimada, teimosa, raivosa... Muito difícil de ter empatia por ela, apesar do background ser excelente. O mocinho, Dante, tem o pacote certo para cativar, mas não consegue isso porque ele SIMPLESMENTE NÃO TEM DEFEITOS! Você não consegue acreditar que ele é real, é tanta paciência em uma pessoa só que você quase torce para ele largar a mocinha e encontrar alguém legal. Fora isso, os personagens cativantes, como a avó de Luna e a irmã e cunhado de Dante, aparecem tão pouco, são claramente mal aproveitados.

 

Mas, para mim, o principal problema foi a autora esticar a história ao máximo e, fazendo isso, perdeu o foco da trama central que é as consequências do uso do baralho cigano. O romance ganha uma proporção terrível, com reviravoltas cansativas, fazendo o meio do livro ser totalmente descartável. Enquanto o início e o final funcionam, o meio me desmotivou muito, tanto que abandonei a leitura e demorei bastante para retomar.

 

Ainda tenho fé de gostar de algo da Carina Rissi. Tenho dificuldade de começar a ler a série Perdida porque sei que tem muitos erros históricos e decisões duvidosas, como o fato dela ignorar a escravidão no Brasil, mas ainda quero ler Procura-se um Marido para dar meu veredito sobre a autora. Espero muito gostar de algo dela.

 

"No Mundo da Luna" é um livro que não me cativou, mas acredito que seria incrível se direcionado para o público mais juvenil, que com certeza vai gostar mais dessa pegada leve e divertida.

 

COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

 

Eu, sinceramente, passaria lotado. Há outros livros tratando do mesmo tema com tramas mais gostosas, mas se você quer investir, creio que em ebook seja melhor, pois o livro é muito grosso e acaba sendo um pouco desconfortável segurá-lo.

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

Saraiva.com.br

Americanas.com.br (via Ad.Fly)

 

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu No Mundo da Luna no Instagram com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle