© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "Matando, morrendo e chorando", de Rafael Machado

 SINOPSE DE ORELHA

 

Racismo, sexo e violência. Depressão e aborto. Esses são só alguns dos temas que o jovem Carlos enfrenta neste começo de século vinte e um, enquanto tenta se manter fiel às suas convicções. Como manter as esperanças, mesmo em meio ao constante caos político no Brasil? Como seguir acreditando que as coisas irão melhorar? 


Manifestações. Impeachment. Eleições. Este é o conturbado plano de fundo em que se passa "Matando, morrendo e chorando", em uma cidade marcada pelos dramas do dia-a-dia. Através das dúvidas e reviravoltas da vida de Carlos, especialmente depois que conhece Clarice, um panorama da sociedade brasileira é desenhado, com todas suas desigualdades, hipocrisias e tragédias.

 

"Matando, morrendo e chorando" acompanha o personagem na busca por respostas. Como enfrentar a violência, como lidar com a depressão, como encontrar a felicidade em meio à dura realidade de um país como o Brasil?
Acompanhando imigrantes, motoboys e moradores de rua, o livro traz à tona alguns personagens invisíveis da vida urbana, que ajudam a responder a questão principal. 


Há esperança?

 

SOBRE O AUTOR

 

 

Rafael Machado Viviani Nicolau é advogado, formado em Direito pela USP em 2017.

 

NOTAS

 

ENREDO: 5

PERSONAGENS: 5

DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 4

INÍCIO: 3

MEIO: 4

FIM: 5

 

NOTA FINAL: 4,3 de 5

 

LIVRO BOM PARA: refletir sobre o futuro do país

 

MINHA RESENHA

 

Esse livro aqui é bem curtinho, não chega a ter 100 páginas, mas consegue abordar tantos acontecimentos brasileiros dos últimos anos que surpreende. O que é bem legal nesse livro é como o autor conseguiu mostrar o cotidiano brasileiro dentro desses momentos, o quanto eles influenciaram o dia-a-dia e o pensamento coletivo da população.

 

A trama consegue abordar, além disso, uma quantidade boa de tabus que presenciamos: racismo, adoção, aborto e, acima de tudo, privilégios. Nesse ponto o autor acertou em cheio, ele consegue mostrar a diferença entre pessoas privilegiadas e as não, de maneira nada estereotipada, e o quanto isso cria um distanciamento grande entre as camadas sociais.

 

Os personagens são bem diversos, o que exemplifica bem a sociedade brasileira, mas confesso que o início do livro não me prendeu. Ele vai em um crescendo, mas ainda assim acho que merece uma reedição do começo, principalmente para ficar aquém do final, que é ótimo.

 

"Matando, morrendo e chorando" é um livro rápido, mas poderoso, capaz de nos fazer refletir sobre o futuro da nação.

 

COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

 

Por enquanto, ele só está disponível em formato digital pela Amazon, mas é de fácil acesso. Além disso, está disponível no Kindle Unlimted, uma vantagem a mais para usuários.

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com (disponível no Kindle Unlimited)

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu Matando, Morrendo e Chorando com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle