© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

RESENHA de "Tudo por um feriado", de Thalita Rebouças

 

SINOPSE DE ORELHA

 

Elas fazem tudo por uma boa aventura. As inseparáveis Manu, Gabi e Ritinha, protagonistas do primeiro livro de Thalita Rebouças, Tudo por um pop star, estão de volta no lançamento Tudo por um feriado. Dessa vez, o trio parte rumo à mineira Porto das Rosas, para aproveitar o feriado de Carnaval descansando e celebrando a amizade no sítio da avó de Suzaninha, nova amiga feita em Tudo por um namorado. Mas o que era para ser um feriado tranqüilo quase virou um desastre. Quase. Afinal, o bom humor de Thalita Rebouças e o alto-astral de suas personagens transformam todos os imprevistos da viagem numa verdadeira diversão.

Depois de convencerem a recém-apaixonada Ritinha a desgrudar do namorado por uns dias para passar o Carnaval com as amigas, Manu, Gabi e Suzaninha achavam que teriam cinco dias de papo para o ar na piscina, guerras de travesseiro à noite e muita fofoca no paradisíaco sítio onde Suzaninha passava suas férias na infância. Nem a viagem de ônibus de Resende até Belo Horizonte, e depois de Belo Horizonte até Porto das Rosas no fusca 1969 de Dona Hemengarda tirava o ânimo do grupo. Porém, uma série de acontecimentos inesperados surge para atrapalhar (ou animar) a vida das garotas.

Se o sítio não era exatamente como elas esperavam, isso não impediu que as meninas curtissem a acolhida carinhosa da avó de Suzaninha; se logo na primeira noite na cidade, numa simples ida à padaria, Manu se encantou por um "Charmosíssimo" e decretou mudança de planos, lá estavam elas a postos, deixando para trás a idéia de passar as noites em casa jogando conversa fora para cair com tudo no carnaval de rua da animadíssima Porto das Rosas. O que o quarteto realmente não esperava era que um beijo não planejado resultasse numa briga feia entre duas delas.

Mas o mal-entendido entre Gabi e Manu era só o começo de uma noite de muita confusão. Feitas as pazes, as meninas decidem voltar para o baile para celebrar a amizade. Entre sambas e marchinhas, muitas paqueras e alguns beijos na boca, as amigas acabam tendo que aguentar a grosseria de um grupo de "pitboys" liderado pelo filho do prefeito. Mas Gabi, Manu, Ritinha e Suzaninha não vão levar desaforo na mala de volta para casa. Com a ajuda da adorável Dona Hemengarda e a dica de uma prima de Manu, as meninas ensinam uma boa lição aos garotões e deixam Porto das Rosas com a sensação de terem passado um carnaval inesquecível. Assim como os livros de Thalita Rebouças para a garotada.

 

SOBRE A AUTORA

 

Nas palavras da própria Thalita: "Sou fofa. Pelo menos é o que dizem as boas línguas. Nasci no dia 10 de novembro de 1974, sou carioquésima (daquelas que louvam o Rio e agradecem diariamente por ser de uma cidade tão linda e especial), empolgada, teimosa, escorpiana, portelense, Fluminensesesê!, abracenta, sorridente, chata à beça na TPM, chorona (do tipo ridícula, choro até vendo comercial de detergente), alucinada por sambas e marchinhas de Carnaval, louca por brigadeiro (para comer de colher) e adrenalina — já saltei de pára-quedas e asa-delta algumas vezes — e viciada em algumas séries de TV (Friends, Seinfeld, Sex and The City, Lost e Desperate Housewives são minhas preferidas). A vontade de escrever nasceu quando eu era criança. Do alto dos meus 10 anos eu me autodenominava "fazedora de livros".

 

NOTAS

 

ENREDO: 5

PERSONAGENS: 5

DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 4

INÍCIO: 5

MEIO: 4

FIM: 4

 

NOTA FINAL: 4,5 de 5

 

LIVRO BOM PARA: entender sororidade

 

MINHA RESENHA

 

Posso afirmar, com toda a certeza, que esse é o livro que mais curti da autora.

 

O enredo não tem como errar: quatro (sim, agora tem mais uma!) amigas vão curtir o carnaval na casa da avó de uma das meninas, com total liberdade dessa vez. Mostra o quanto as meninas cresceram, seguindo o curso normal da vida. Além disso, a personalidade das meninas está ainda mais bem construída e a gente consegue se identificar de cara com alguma (ou todas) elas.

 

Uma coisa que tem nova nesse volume da série é que temas mais sérios são abordados de maneira bem profunda. A primeira delas é acerca de namoros. Devemos ser rígidos neles? Relacionamentos devem influenciar como lidamos com nossas amizades? Eles devem vir na frente da amizade?

 

Logo depois vemos a questão de mulheres como inimigas. Devemos nos apoiar e ouvir umas às outras antes de mais nada? O que nos leva a sermos inimigas e não parceiras? Isso é tão bem abordado que chega a ser o ponto central da trama. Isso deriva para outro ponto: sororidade. Precisamos estar sempre unidas, colocarmos sempre no lugar da outra e sentir empatia por ela.

 

Em todos os livros a autora consegue mostrar bastante o quanto a amizade é importante, principalmente entre meninas, superar as desavenças e separar relacionamentos amorosos de tudo isso, mas é nesse aqui que tudo fica ainda mais explícito. É muito gratificante ver o quanto a Thalita Rebouças evoluiu como autora e mulher durante a escrita dessa série. Com certeza será um livro que apresentarei para meus futuros filhos.

 

"Tudo por um feriado" foi um fechamento excelente e que, com certeza, deixou um gostinho de "quero mais".

 

COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

 

Eu consegui o meu por troca no Skoob. Experimente trocar livros e dar uma chance a novas histórias em troca daquelas que só ocupam espaço na sua estante. ;-)

 

ONDE COMPRAR

 

Amazon.com

Saraiva.com.br

Magazine Luiza (via Ad.fly)

 

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu Tudo por um Feriado com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle