© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

PENSANDO SOBRE "After", de Anna Todd

 

Eu tenho uma relação extremamente conturbada com esse livro e, não sendo à toa que o lançamento do filme baseado no livro lance hoje, dia 11 de abril, acho que pode ser interessante a gente refletir um pouco sobre essa história tão controversa.

 

SINOPSE DE ORELHA

 

Depois de bater a marca de um bilhão de acessos na plataforma de leitura Wattpad ao transformar os integrantes da banda One Direction em personagens de uma história de amor sexy, a série After vira livro e promete ser o novo fenômeno editorial.


No primeiro livro, Tessa, de 18 anos, sai de casa, onde mora com a mãe, para ir para a faculdade. Até então sua vida se resumia a estudar e ir ao cinema com o namorado doce que conheceu ainda criança. No primeiro dia na faculdade, onde ela passa a dividir o quarto com uma amiga que adora festas, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito de garota certinha. Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar. Hardin é inspirado em Harry Styles, um dos membros do One Direction. Os outros quatro músicos da banda – Zayn, Niall, Louis e Liam – também viraram personagens na trama.


Tessa logo descobre que Hardin possui um passado cheio de fantasmas e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma.

 

SOBRE A AUTORA

 

 

 

Anna Todd é uma escritora norte-americana de 27 anos que vive em Los Angeles, com seu marido Jordan, quem ela atingiu à metade das estatísticas casando-se um mês depois de se formar no ensino médio. Entre os três turnos de seu marido no Iraque, ela trabalhou em lojas de maquiagem e na receita federal americana. Anna sempre foi uma ávida leitora e muito apaixonada por boybands, agora, ela encontrou uma maneira de combinar tudo isso e viver o sonho de sua vida que se tornou realidade.

Autora da série After, Anna Todd começou a sua trajetória escrevendo fanfics no Wattpad, do qual se tornou parceira e uma forte embaixadora. Ela já publicou 5 livros desta mesma série pela editora Gallery Books nos Estados Unidos, planeja o lançamento de dois spin-offs e também conta no currículo com um livro de IMAGINES, composto por diversos autores da plataforma digital liderados por ela; além de um novo livro à caminho, a releitura "The Spring Girls".

 

FILME

 

 

 

Baseado no romance de Anna Todd, o filme retrata a jornada de Tessa Young (Josephine Langford), uma jovem de 18 anos com uma vida simples: ótimas notas na escola, muitos amigos e um namorado doce. Todos os próximos passos de sua vida já estão planejados, mas as coisas desandam quando ela conhece um homem rebelde e rude com segredos sombrios que mudam sua vida.

 

Direção: Jenny Gage

Música original: Justin Burnett

Roteiro: Anna Todd

 

PENSANDO SOBRE...

 

Quando peguei After para ler a primeira vez, pensei ser aqueles New Adults bem eróticos, para espairecer a cabeça, mas na verdade o livro não é assim. O foco da trama realmente é um casal jovem e o plano de fundo a vida universitária, só que o relacionamento que nos é apresentado está bem longe da água-com-açúcar.

 

Isso era para ser algo bom, certo? Mas o problema é que o livro é um tanto irresponsável. Vamos entender o porquê de eu achar isso. Primeiro: o livro foi originalmente escrito como uma fanfic de One Direction no Wattpad, então para manter o público sempre à espera de um novo capítulo, era necessário inúmeras reviravoltas. After é cheio de reviravoltas, quase dá um passo para frente e dois para trás. No sistema do Wattpad isso funciona muito bem, mas em livro acaba sendo muito maçante.

 

Segundo: temos um relacionamento abusivo. Já não era um relacionamento dos melhores, aí você adiciona cada vez mais reviravoltas e acaba tendo como produto um casal completamente disfuncional. A cada reviravolta a relação dos dois piora a ponto de ficar impossível torcer pela felicidade deles como casal. Mas então porque o leitor continua insistindo? As cenas de sexo. Quanto pior é a briga entre os dois, mais quente é o sexo de reconciliação.

 

Acho que a combinação desses dois elementos é muito irresponsável, pois passa uma mensagem muito, MUITO errada, onde o sexo torna-se um remédio para relações fadadas ao fracasso. Bom, a sorte é que no final você simplesmente ODEIA o personagem principal e, por ser um livro, o alcance é bem menor, apesar de ter se tornado um sucesso.

 

Agora imagina essa parada virando filme? O público aumenta drasticamente, ainda mais com a propaganda gigante que os próprios fãs do livro estão fazendo. Vale lembrar que não me dispus a ler a série toda, o primeiro livro foi o suficiente para mim. Segundo leitores da série, todos esses problemas do primeiro livro são trabalhados de maneira mais séria nos livros seguintes, dando uma conclusão bem aceitável para esse relacionamento. Mas é aquilo: o filme é só do primeiro livro.

 

"Helena, mas não tem problema, o filme vai abordar esses problemas e todo mundo vai sair com raiva do personagem principal, ninguém vai achar tudo o que aconteceu completamente aceitável". Será? Digo isso pois uma das condições impostas pela diretora era suavizar o Hardin, o personagem principal, para garantir a bilheteria de quem ainda não conhecia os livros. Será que isso não mudará o julgamento das pessoas em relação a esse relacionamento abusivo? Deixá-lo menos odiável não poderá fazer as pessoas acharem que esse tipo de relacionamento é aceitável?

 

Graças a Deus, isso é só uma especulação. Há quem goste do livro, e tudo bem, mas precisamos entender que basta um passo em falso nesse filme para muitos comportamentos machistas e abusivos do personagens sejam romantizados. Acho que nos cabe assistir o filme e torcer para que isso não aconteça.

 

ONDE COMPRAR O LIVRO

 

Amazon.com

Saraiva.com.br

Livraria da Travessa (via Adf.ly)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle