RESENHA de "Na Hora da Virada", de Angie Thomas - #TURISTALITERARIO

 

SINOPSE DE ORELHA

O aguardado segundo romance de Angie Thomas, autora do premiado best-seller O Ódio Que Você Semeia. Bri é uma jovem de dezesseis anos que sonha se tornar uma das maiores rappers de todos os tempos. Ou, pelo menos, ganhar sua primeira batalha. Filha de uma lenda do hip-hop underground que teve o sucesso interrompido pela morte prematura, Bri carrega o peso dessa herança. Mas é difícil ter a segurança de estrear quando se é hostilizada na escola e, desde que sua mãe perdeu o emprego, os armários e a geladeira estão vazios. Então, Bri transforma toda sua ira em uma primeira canção que viraliza... pelos piores motivos! No centro de uma controvérsia, a menina é reportada pela mídia como uma grande ameaça à sociedade. Mas com uma ordem de despejo ameaçando sua família, ela não tem outra escolha a não ser assumir os rótulos que a opinião pública lhe impôs. Na Hora da Virada dá aos leitores de Angie Thomas outra protagonista pela qual torcer. É uma história sobre lutar por seus sonhos e também sobre a dificuldade de ser quem você é, não quem as pessoas querem que você seja.

SOBRE A AUTORA
 

 

Angie Thomas nasceu e foi criada em Jackson, no Mississippi, o que se percebe pelo seu sotaque. Quando adolescente, era rapper e sua maior conquista foi ter escrito um artigo sobre si mesma na Revista Right On! (com foto). É bacharel em escrita criativa pela Belhaven University e possui um diploma não oficial em Hip Hop. Ela ainda sabe fazer rap, se for preciso. Seu livro de estreia, O Ódio Que Você Semeia (The Hate U Give), foi o primeiro a vencer o Walter Dean Meyers Grant, em 2015, na categoria We Need Diverse Books. O romance será adaptado para o cinema, pela Fox, e chegou ao primeiro lugar da lista do New York Times na semana de seu lançamento.

NOTAS

ENREDO: 5
PERSONAGENS: 5
DESENVOLVIMENTO E ESCRITA: 5
INÍCIO: 4
MEIO: 5
FIM: 5

NOTA FINAL: 5 de 5 + ❤️

LIVRO BOM PARA: entender melhor as periferias

MINHA RESENHA


Quando li o primeiro livro da autora, achei impossível ela escrever algo que eu gostasse mais. E fico feliz de dizer que estava enganada! Eu simplesmente amei esse livro. Além de achar que houve uma evolução muito boa na escrita da autora, achei esse enredo mais amarrado, onde a personalidade e pequenos detalhes dos personagens foram muito bem desenvolvidos. Nessa leitura é bem mais fácil de ter empatia pelos personagens, ainda mais que achei essa trama mais próxima da realidade brasileira, levando em conta violência policial nas escolas e as condições nas periferias. Foi uma leitura muito envolvente, com um final muito realista e, ao mesmo tempo, encantador.

COMPRO, BAIXO, PEGO EMPRESTADO OU PASSO LOTADO?

Li esse livro na edição física (recebi pelo Turista Literário) e foi uma boa experiência, a diagramação é muito boa. Mas não há nenhum diferencial que me faça optar pelo físico e não pelo ebook.

ONDE COMPRAR

Amazon.com

A CAIXINHA DE JULHO DE 2019 DO TURISTA LITERÁRIO

Foi uma caixinha bem interessante, com muitas coisas úteis. Agora, por exemplo, estou usando os fones de ouvido. A playlist está excelente e os produtos para banho são muito bons, mas ainda não entrou para o hall das minhas caixinhas favoritas. Só que chegou bem perto.

NOTA DA CAIXINHA: 5 de 5

 

 

 

ASSINE O TURISTA LITERÁRIO!
 

 

ASSINE AQUI!

 

Quer participar do projeto? Então poste uma foto com o seu Na hora da virada com a hashtag #blog50livros que adorarei ver. E já fez resenha sobre ele no Skoob ou GoodReads? Então me envie um email para contato@50livros.com que vou ler com muito amor! ;-)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Some elements on this page did not load. Refresh your site & try again.

Please reload

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

© 2017 por 50 Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com